Sociedade Triste de El Menau

Sociedade Triste - El Menau

Patente até 9 de agosto de 2014 na Galeria de Arte da Praça do Mar, em Quarteira, a Exposição “Sociedade Triste” do mediático artista El Menau.

Natural de Quarteira (1984), o seu percurso no mundo das artes tem início em 1998, através do Graffiti, em 2000 ingressa no Curso de Artes da Escola Secundária Dr.ª Laura Ayres em Quarteira, um ano depois com Nuno Viegas, funda o coletivo de artistas Policromia.
Formado em Design e Comunicação em 2003. Em 2008 é convidado a integrar o coletivo artístico internacional Vapors.

Em 2009 inicia a licenciatura em Artes Visuais na Universidade do Algarve que conclui em 2012.
No mesmo ano funda a Policromia Associação Cultural e ingressa nos coletivos artísticos Tira Nódoas e Senau. Atualmente a sua linha de trabalho é delineada através da StreetArt, desenho e instalação. As suas obras enraizadas a partir de uma visão do meio urbano, apresentando um cariz político e social, servem-se do espaço público como veículo para as suas criações.

A Exposição pode ser visitada de terça-feira a sábado, das 14h00 às 19h00 e das 20h00 às 23h00.

A entrada é livre.

Restaurante Wok & Teppanyaki abriu em Quarteira

A cozinha oriental do Chef Guoqianchao está agora presente no centro do Algarve. No renovado espaço da antiga marisqueira Central, Rua Vasco da Gama, o Restaurante Wok & Teppanyaki apresenta um novo conceito gastronómico, com um completo serviço de buffet, destacam-se os pratos de Sushi, as especialidades de Wok, Dumplins e o Teppanyaki, grelhados na chapa de carne, marisco e legumes.
Este novo restaurante oferece uma perfeita fusão das culturas asiática e europeia, transporta-nos para uma verdadeira descoberta da genuína cozinha japonesa e chinesa.
Restaurante Wok & Teppanyaki
Rua Vasco da Gama, 88
8125-256 Quarteira
Telefone: 289 328 544

Fotos da inauguração em 17 de Abril 2014.

Restaurante wok Restaurante Wok Restaurante Wok - buffet Restaurante Wok - inauguração convidados

Tradição do Carnaval em Quarteira , Loulé e Alte 2014

Em Quarteira, o desfile carnavalesco acontece na marginal, Avenida Infante Sagres, sábado, domingo e terça, 1, 2 e 4 de março, das 15h00 às 18h00.

Na Quarta-Feira de Cinzas, 5 de março, pelas 21h00, tem lugar um dos momentos altos do Carnaval em Quarteira – o Enterro do Entrudo – que se inicia na Rua da Alegria e termina na Praça do Mar.

A par do Carnaval de Loulé, o corso carnavalesco sai também para a rua em Alte, no interior algarvio, as celebrações carnavalescas naquele que é considerado “o mais tradicional do Algarve” decorrem nodomingo e terça feira 2 e 4 de março.

Do programa consta o corso propriamente dito, que terá início pelas 15h00, e o Baile de Foliões, a partir das 21h30, no Salão da Casa do Povo de Alte, com um Concurso de Máscaras, no domingo, e entrega de prémios aos grupos participantes, na terça-feira. O Baile será animado por Ricardo Glória (dia 2) e Valter Cabrita (dia 4).

Passagem de Ano de Quarteira com La Plante Mutante

La PLante Mutante

Quarteira volta a ser palco da Noite de Passagem de Ano no Concelho de Loulé e, desta vez, a entrada em 2014 vai ser feita ao som da música pop dos anos 80 com La Plante Mutante.

O grupo que se tem dedicado aos hits da década de 80 arranca a sua atuação na Praça do Mar, a partir das 22h30. Quando baterem as doze badaladas, vai poder assistir a um espetáculo pirotécnico junto à praia. A festa prossegue pela madrugada fora com a alegria e humor de La PLante Mutante.

A origem dos La Plante Mutante – banda que se dedica à celebração dos anos oitenta – remonta ao final da década de 90, quando um grupo de músicos de diferentes áreas decide formar uma banda de tributo à música que se fez na penúltima década do século passado.

Numa primeira fase, as atuações circunscrevem-se apenas a um concerto por ano, sempre na véspera do Carnaval; a partir de 2008, e já com 10 membros no ativo, a banda começa a atuar de um modo mais regular, contando, até à data, com cerca de 120 concertos em locais e festividades diversas, entre as quais duas partilhas de palco com a mítica Lena d’Água.

Distante do conceito comum de concerto, um espetáculo dos La Plante Mutante combina música dos anos 80 (nacional e internacional), stand up comedy e performances de variadíssimos níveis, numa atuação em que a homenagem à década é reforçada por uma atenção particular à roupa e maquilhagem, bem como pela projeção, em tempo real, de vídeos alusivos à época. Madonna, Prince, Tina Turner, Michael Jackson, Bananarama ou Samantha Fox são alguns dos ícones da música dos anos 80 recordados pelos La Plante Mutante nesta noite de celebração.

A entrada é livre