Teatro: Open Hamlet no Municipal em Faro

No palco do Teatro das Figuras, de 27 a 29 de Março de 2014 às 21:30

Em 27 de março – Dia Mundial do Teatro, realiza-se uma conversa com encenador e intérpretes, a seguir ao espetáculo.

Hamlet tem tanto de aterrador como de desconcertante: a velocidade do seu pensamento, sensível em extremo e demolidor na forma como baralha e aniquila aqueles que o pretendem enganar ou apenas aproximar-se dele; os jogos existenciais, que o levam a fingir-se de louco, de forma a testar os seus limites e a provocar o engano dos outros que o vigiam; os constantes solilóquios acerca das suas experiências e contradições pessoais; a crueldade para com Ofélia, para consigo mesmo e para com todos os que o procuram apaziguar; a sua teimosia e honestidade roçam a ingenuidade e a bestialidade e terminam em tragédia pessoal e coletiva. Todas estas características fazem dele, de forma paradoxal, um personagem magnética, atraente, inquietante, dando-nos material e motivação para construir uma obra onde se reflita sobre o que somos, como vivemos em conjunto a partir de uma lógica de conflito permanente com o mundo, com os outros e conosco mesmos.

Direção e dramaturgia: João Garcia Miguel
Assistente de direção e figurinista: Sara Ribeiro
Sonoplastia: Cláudio Felisberto
Desenho de Luz: Jorge Pereira
Produção: Marisa Madeira
Construção de Figurinos: Efigénia Cristo
Intérpretes: Ricardo Mendonça, Teresa da Silva e Vítor Gil Silva

Deixar uma resposta