25 abril 2014 Cine-Teatro Loulé (1232)

Vistas: 40 anos do 25 de Abril em Loulé (audio+fotos)

Poucos são os motivos para festejar a liberdade em 2014, boa parte das promessas ficaram perdidas no tempo, embora se mantenham alguns valores conquistados, segundo os próprios intervenientes, desiludidos com os caminhos que o país trilhou desde então, apelam à revolta e indignação contra o sistema democrático que se instalou.
A visão de Otelo Saraiva de Carvalho, Vasco Lourenço e Martins Guerreiro que após quase quarenta anos, estiveram em Loulé a partilhar as suas experiencias e ideias da evolução do mundo actual, assumindo as suas diferenças, as suas convicções, e até os seus enganos.

No Cine-Teatro Louletano, no passado sábado 15 de Março, deu-se início uma série de iniciativas para comemorar o 40ª aniversário do 25 de Abril, anunciada para decorrer ao longo do ano, em diversos locais do concelho, promovido por uma comissão criada para o efeito, com o patrocínio da Câmara Municipal de Loulé, que neste evento inaugural juntava três dos protagonistas da chamada revolução dos cravos, e pela importância dos factos decidimos acompanhar.

Surpreendidos pela adesão da população, faz supor que a organização terá sido planeada apenas para convites e elites. Ao realizar no Cine-Teatro, um espaço curto e muito limitado, sendo o único e (quase) centenário, apesar do imenso investimento na sua recuperação, este não comporta as necessidades da cidade, gerido por um conjunto de regras legais, que tentam impedir o uso espontâneo deste tipo de sala, situação que provocou alguma indignação na hora da entrada.

Questionava-se a comemoração da liberdade!
Alguns dos jornalistas e população interessada, que se deslocou a Loulé para acompanhar o evento, surpreendidos perante as restrições de acesso ao espaço, só viram a situação desbloqueada, quando da intervenção pessoal do presidente do município.

Apagam-se as luzes e soltaram-se as modas do grupo folclórico “As Mondadeiras das Barrosas” (Salir), e animação ficou completa com satírica intervenção do ”Grupo Ao Luar Teatro” (Alte), de um momento cultural que teve início no hall de entrada com o “Ensemble de Flautas do Centro de Expressão Musical de Loulé”.

A cerimónia teve início com o discurso de Victor Aleixo, presidente da Câmara Municipal que defendeu a necessidade de uma maior divulgação dos valores e das conquistas do 25 de Abril aos mais jovens, alertou ainda para a defesa da democracia “dos novos perigos que estão agora a levantar a cabeça”.

Victor Aleixo

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Carlos Albino apresentou o programa previsto para as comemorações, em que participarão diversas personalidades ao longo do ano, como os ex-presidentes da república Mário Soares, Jorge Sampaio e Ramalho Eanes. A efeméride irá contar com diversas iniciativas, em todas as cidades, vilas e freguesias do Concelho, e com o envolvimento das escolas, instituições e associações culturais e cívicas de Loulé.

O debate da noite foi moderado por António Branco, reitor da Universidade do Algarve, fazendo uma retrospectiva da sua vivencia da época entre África e Paris.

António Branco

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O tema lançado ao debate sobre esse momento que marcou a História Portuguesa Contemporânea, onde foram evidenciados os acontecimentos, o movimento MFA, as opções, as iniciativas, as utopias, os erros, a participação dos populares, as pressões internacionais, bem como as diferentes visões críticas da situação até à actualidade.

Otelo Saraiva de Carvalho

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Vasco Lourenço

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Martins Guerreiro

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A intervenção do público no debate, e aproveitando a data, levou à memória do levantamento militar falhado das Caldas da Rainha em 16 de Março de 1974, que segundo os intervenientes ainda gera alguma polémica, mas foi decisivo para a preparação da operação de 25 de Abril ter o sucesso que se conhece.
Encerrou a cerimónia o presidente da Assembleia Municipal, Adriano Pimpão, onde não faltou o tradicional “Grândola Vila Morena”, imagens do filme “Capitães de Abril”, distribuindo-se os cravos e bem como cópias da mais antiga Acta de Vereação existente no país, aos participantes.

Paulo Sérgio
Fotografia: Formimagem

As imagens do Evento:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *