Orquestra Clássica do Sul em Novembro 2013

OCS

Em Novembro, a Orquestra Clássica do Sul (OCS) percorre Faro, Tavira, São Brás de Alportel, Ayamonte, Évora e Mértola, com uma programação que apresenta desde música de câmara, árias de ópera e concerto para piano.

A música de câmara continua em grande destaque na programação da OCS, estando três concertos dentro deste ciclo agendados para o início do mês. No dia 1, serão duas as oportunidades de assistir a estes concertos. Às 18h30, na Sala de Ensaios Dr. Ramires Fernandes, situada na sede da Orquestra Clássica do Sul, junto ao Teatro das Figuras, em Faro, um reportório para cordas e flauta e oboé será apresentado ao público, com as obras “Quinteto com Oboé” de Arnold Bax, os “Quintetos com flauta” 1 e 2 do Opus 55 de Luigi Boccherini e ainda o “Quarteto com Flauta Nº 1” do célebre Mozart.

Neste mesmo dia, pelas 22h00, no Centro de Ciência Viva de Tavira, o evento ‘Halloween – Noite das Bruxas’, promovido por aquela entidade, encerra com um concerto pela OCS, protagonizado por um quarteto de cordas. O programa é composto pelo “Divertimento em Ré Maior K. 136”, o “Divertimento em Fá Maior, K. 138” e a “Pequena Serenata Noturna (Eine kleine Nachtmusik, K.525)”, que servem de roteiro para a viagem por alguma das famosas obras de câmara do clássico Mozart. Este reportório será executado novamente no dia seguinte, 2 de Novembro, na sala de ensaios da Orquestra Clássica do Sul (Dr. Ramires Fernandes), pelas 18h30.

No dia 9, pelas 21h30, o Conservatório Regional do Algarve, celebra o seu 40º aniversário com um concerto no Auditório Pedro Ruivo, em Faro. O reportório, composto por obras de Felix Mendelssohn, inicia com a abertura de “La Bella Melusina”, segue com o “Concerto para Piano Nº.1 em Sol menor, Op. 25”, que será interpretado pelo pianista João Almeida, natural de Faro e docente neste conservatório. O concerto termina com a “Sinfonia Nº 4 em Lá Maior, Op. 90”, também conhecida por a “Italiana”. A direção musical estará a cargo de Jan Wierzba.

Nos dias 14, no Teatro das Figuras em Faro (às 21h30), no dia 15, no Cine-Teatro de São Brás de Alportel (às 21h00), e no dia 16, no Teatro Cardenio em Ayamonte (às 20h30, hora local), o tenor Carlos Cardoso junta-se à OCS e ao maestro titular Cesário Costa para um espetáculo que apresenta árias de ópera de Rossini, Donizetti, Bizet, Verdi e ainda a “Sinfonia n º 102 em Si bemol maior” de Haydn.

A programação de Novembro encerra no Alentejo, onde irá atuar no dia 29 no Teatro Garcia Resende em Évora e, no dia 30, no Cineteatro Marques Duque, ambos às 21h30. Frederico de Freitas, Charles Gounod e Schubert: três grandes compositores que serão celebrados neste concerto, dirigido pelo maestro polaco Piotr Sułkowski.

Deixar comentário