Festival Acústico Alvor FM 2012

A radio Alvor FM apresenta a 4.ª edição do Festival Acústico no Teatro Municipal de Portimão a 3 de Novembro

Nomes da música nacional como os The Ramblers, Emmy Curl, Livin’ Paradies, Mel, Vol. 2, Frozen Violets e um Tributo a Zeca Afonso fazem parte do cartaz deste ano.

A entrada é gratuita e o início do espetáculo está agendado para as 21h30.

“Tributo a Zeca Afonso” é um projecto de homenagem ao homem, ao poeta, ao músico e ao intérprete. Nasceu pelo trabalho realizado com o Clube de Expressões da Escola Júdice Fialho no ano lectivo 2007/2008, mas encontrou raízes já em 1990, no trabalho realizado por Luís Antunes que desde o início da sua vida musical, sempre cantou Zeca Afonso.No centro do Projeto sempre estiveram os professores Luís Antunes, Simeão Quedas, Nuno Baptista, José Vieira e Marco Diogo, que decidiram com toda a alegria levar bem longe os cantares de Abril e elevar bem alto a lembrança de Zeca Afonso. Hoje com o reforço de Filipe Pereira na guitarra e Tiago Rêgo na percussão, percorrem o país com um excelente espetáculo, pleno de alma e sentimento.

As“Frozen Violets” são uma banda formada no início de 2012 que até ao momento já deu vários concertos e conta algumas aparições na televisão. O repertório incide sobre versões de clássicos do rock, mas de momento encontram-se em estúdio a gravar originais da autoria do grupo que é formado por Catarina Barão (12 anos), Raffaela Rocha (17 anos), Inês Carneiro (14 anos), Lyssador (16 anos), Raquel Narciso (13 Anos).

“MEL” é a criação musical e parceria entre Melanie Spencer, uma voz com grande expressividade musical provinda do soul e Spinous, um multi-instrumentalista, compositor e produtor. Embora assumindo-se essencialmente como um projeto de música pop, a génese criativa deste duo leva-nos igualmente ao mundo do R&B, funk, disco, soul e house, resultando em temas com sonoridades inéditas e distintas. O primeiro trabalho dos MEL, intitulado “Give It To Me” (2011) disponível no mercado com 10 faixas, teve alguma rotação em diversas rádios, quer em Portugal, quer no estrangeiro em países como a Holanda, Espanha e até nos Estados Unidos, encontrando-se de momento em gravações do segundo trabalho.

“Livin’Paradies” é uma banda de Rock Alternativo de Lagos que teve o seu início em Agosto de 2008.Com sonoridades que passam pelo Rock, Nu-Metal, Punk e Pop, misturadas com ambientes digitais, grooves eletrónicos e através de letras que falam sobre situações vividas pelos membros da banda que se podem adequar a qualquer pessoa que as ouça, tecendo também criticas e apontando o dedo ao que acham estar mal na sociedade em que vivemos. A banda é composta por Samuel Oliveira (voz e guitarra), Nuno Bernardo (baixo), Miguel Martins (guitarra e voz) e Chris Klaus (bateria).

O “Vol. 1” nasceu de um dueto formado por Rodrigo Costa e Carlos Lourenço em 2006, assim formalizado após algumas “sessões caseiras” de versões acústicas. As versões ganharam volume, até chegarem a “full band”, mantendo no entanto a mesma formação. O som variava tanto quanto possível à volta do pop/rock. Com o lançamento de um EP de originais em Junho de 2012 muito bem aceite por várias rádios e programas de televisão, a banda decide incorporar oficialmente os, até então, músicos acompanhantes Josué Gomes (bateria) e Marta Alves (teclas) com os quais se apresentam agora pelos nossos palcos.

“Emmy Curl” gravou em 2010 o seu primeiro EP oficial, “Birds Among the Lines” para a Optimus discos em apenas uma semana. Nesta semana mágica que culminou com a abertura do Coliseu de Lisboa para Eels, Emmy Curl vestiu a “pele” de intérprete, instrumentista, co-produtora e artista gráfica. A cantora tem atuado um pouco por todo o pais e encontra-se neste momento a gravar “Origins” que deverá ser lançado em Novembro deste ano.

“The Ramblers” são uma banda de Blues Rock lisboeta, formada em Fevereiro de 2007 que teve já oportunidade de abrir para B.B King no B.B King Parque em Sabrosa, tocar na Queima das Fitas de Coimbra, Casino Lisboa, Musicbox, Festa do Avante entre muitos outros concertos, festas e festivais, universitários ou não, em vários pontos do país. O seu percurso é ainda marcado por diversas aparições nos meios da comunicação social, televisão, rádios, jornais, revistas e inúmeras páginas e blogs da net.

Os “The Ramblers” são influenciados pelas mais diversas vertentes musicais, mas muito focados nos grandes mestres do Rock ‘n’ Roll e do Blues, passando ainda por influências como o Funk, a Soul ou o Ska. Este ano lançam o seu novo EP pela Moby Dick Records.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *